Série Fuga de Furnace - Alexander Gordon Smith

"Sob o céu está o inferno. Sob o inferno, a Penitenciária de Furnace".
 
Livros: Encarcerados e Solitária
Série: Fuga de Furnace
Autor: Alexander Gordon Smith
Editora: Benvirá
Páginas: Encarcerados - 296; Solitária - 264
Sinopse: De um dia para outro, Alex Sawyer passou de valentão a delinquente juvenil. Os trocados arrancados dos garotos na escola já não eram suficientes, e, com a ajuda de seu melhor amigo, Toby, começou a cometer pequenos furtos na vizinhança. Até que uma noite, homens fortes, de terno preto, e um esquisitão usando uma máscara de gás cruzaram o caminho dos dois. Toby foi cruelmente assassinado e Alex, preso e acusado pela morte do amigo. Seu novo lar? A Penitenciária de Furnace, um buraco - literalmente - para onde todos os garotos condenados são enviados, e de onde só é possível sair morto. Com guardas sádicos e criaturas terríveis responsáveis pela segurança, Furnace é o inferno. O lugar é infestado de criminosos - como as perigosas gangues Caveiras e os Cinquenta e Nove - mas também há muitos garotos que, como Alex, foram presos por crimes que não cometeram. Como escapar e provar sua inocência? Em quem confiar? O que na verdade era Furnace: um reformatório? Um depósito? Ou, pior, um laboratório maligno?
"Não cometam o erro de trazer o coração aqui para baixo; não há lugar para ele em Furnace".
Comentários
Encontrei essa série perdida no skoob e assim que li a sinopse me interessei pela história. No começo estava adorando, sempre cheio de mistérios, sem revelar demais e com tudo para dar certo: um tema diferente, personagens diferentes e um lugar cheio de enigmas; mas apesar de ter gostado, principalmente do primeiro livro, acho que a história poderia ter evoluído bem mais.
"Matei pequenas partes de pessoas; retalhei-as por dentro; eu as magoei tanto que elas desejaram estar mortas".
Enredo e Narrativa
Tudo começa quando Alex e seu amigo Toby, pequenos delinquentes, resolvem fazer um assalto a mais uma casa da vizinhança. O plano parece perfeito: entrar e sair sem serem notados, mas isso dá terrivelmente errado quando são surpreendidos por homens fortes em ternos pretos que acabam assassinando Toby e deixando Alex como culpado, sendo então sentenciado a passar o resto de seus dias na Penitenciária de Furnace, um lugar apavorante embaixo da terra, onde só é possível sair morto.
No começo achei que Alex teve o que mereceu, mesmo não sendo culpado pelo assassinato do amigo, ele não era totalmente inocente, afinal desde os 12 anos, Alex adorava dar uma de valentão e fazer pequenos furtos em sua escola. Acredito que assim como eu, vocês também concordam que lugar de bandido é na cadeia, não? Mas depois achei que Alex não merecia tudo o que aconteceu e comecei a torcer para que ele alcançasse seu objetivo: fugir daquele lugar terrível.
Furnace foi feita para prender pequenos delinquentes até eles serem totalmente esquecidos pela sociedade. A penitenciária é mesmo aterrorizante, cheio de criaturas monstruosas que parecem experiências que não deram certo (o que de fato são), até o diretor do lugar, uma criatura que definitivamente não é humana. A penitenciária não dá chances à fugitivos, tanto que foi feita embaixo da terra, mas Alex está disposto a morrer tentando.
Encarcerados nos causa um grande terror psicológico, em muitos momentos tive que interromper a leitura de tão desesperador que era, mas essa empolgação não durou muito tempo. Gostei bastante do primeiro livro, mesmo tendo ficado um pouco desapontada com o final, mas decidi continuar e ler Solitária, não me arrependi, também é um bom livro, mas acho que ficou muito repetitivo, sempre aconteciam as mesmas coisas, parecia que a história não evoluía, não tinha mais descobertas mirabolantes e tudo só fica centrado na fuga, não dando espaço para novos acontecimentos. Fazemos sim novas descobertas com o segundo livro, acabamos até mesmo entendendo alguns mistérios que ficaram em aberto durante a leitura de Encarcerados, mas o que realmente não agradou foi o ritmo da história, por isso não tive mais interesse em ler os próximos livros.
A série é composta por cinco livros, mas até agora só temos os três primeiros em português, então acredito que tem muita enrolação pela frente. Pretendo algum dia continuar a série, quem sabe quando saírem os outros livros, mas por enquanto acho que vou deixar de lado e começar uma nova história. Vi várias opiniões positivas sobre o terceiro livro, mas por enquanto vou dar um tempo à Alex e sua tão desejada fuga.
"Não desista, Alex, não os deixe vencer. Você os venceu uma vez e pode conseguir de novo. Não deixe que este lugar os destrua".
Conclusão
Não me arrependo de ter lido os dois primeiros livros da série, como eu disse anteriormente, o livro nos causa um grande terror psicológico, ao ponto de você interromper a leitura e dar graças a Deus por estar livre e poder fazer o que bem desejar, ao invés de preso embaixo da terra, onde um verdadeiro inferno acontece, mas apesar disso não me empolguei o suficiente para realizar a leitura do terceiro livro. Quem quiser uma história com muitos mistérios e com um tema bem diferente, aconselho a leitura da série, mesmo achando um pouco repetitivo. Pretendo um dia continuar a leitura, mas por enquanto vou partir para uma nova história e deixar Alex e sua fuga um pouco de lado.

15 comentários. Clique aqui para comentar também.:

Nana ~* disse... [Responder comentário]

Oi Patricia,
Esses seriam livros que eu leria pela capa. Fiquei :O com a primeira!
Gosto desse tipo de livro e agora fiquei mais animada.
Espero ler algum dia! Adorei saber sua opinião.

bjs e tenha uma ótima semana
Nana - Obsession Valley

Beatriz Nishikawa disse... [Responder comentário]

Adorei a resenha
Queria muito ler esse livro, mas confesso que o que me chamou mais a atenção foi a a capa... Depois de ler sua resenha pretendo iniciar o livro ainda essa semana... Beijos, estou seguindo
http://livrandoporai.blogspot.com.br/

Beatriz Nishikawa disse... [Responder comentário]

Adorei a resenha
Queria muito ler esse livro, mas confesso que o que me chamou mais a atenção foi a a capa... Depois de ler sua resenha pretendo iniciar o livro ainda essa semana... Beijos, estou seguindo
http://livrandoporai.blogspot.com.br/

Michelly Santos disse... [Responder comentário]

Oi Patrícia! Sempre quis começar essa série, pois ela me remete à Maze Runner por algum motivo... Mas confesso que seus comentários sobre a falta de rendimento da história me desanimou um pouco, e como tenho mais um milhão de livros que quero ler, acho que vou deixar esses pra uma outra hora... :)

http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
Mais Uma Página

Janaína de Souza Roberto disse... [Responder comentário]

Oi, Patricia, tudo bem?
O livro parece ser bastante intenso, mas o autor Smith parece não ter desenvolvido bem a história, não é?! Confesso que saber disso me deu uma desanimada de conhecer a história. Parabéns pela resenha.

Beijocas,
Blog | Youtube | Instagram

Tabatha Cuzziol disse... [Responder comentário]

Não conhecia esses livros! Parecem ser bem legais, mas meio intensos, pena que não foi exatamente como vc esperava..
Beijos, Tabatha!
http://aproveiteolivro.blogspot.com.br/

Alana Homrich disse... [Responder comentário]

Fiquei muito interessada nos livros após a sua resenha! Adoro esse estilo. Mas que pena que você não se sentiu tentada a ler o próximo livro, isso me é um pouco desestimulante pois sei que existem vários livros ótimos sobre o gênero por aí.
Beijos
alanahomrich.blogspot.com.br

Luiza disse... [Responder comentário]

Não conhecia esse livro, gostei da resenha... fiquei pensando é que daria um bom filme essa série ;)
Bjs
http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

Helaina Carvalho disse... [Responder comentário]

Oi! ^^
Não conhecia a série. Não me interessou muito não, apesar de eu estar com vontade de ler Maze Runner, que também é sobre ir parar em um lugar sem saber como e tentar fugir dele, não senti muita vontade de ler esses não.

Beijusss;
http://hipercriativa.blogspot.com.br/
https://www.facebook.com/BlogMenteHipercriativa

Elyane Lacerdda disse... [Responder comentário]

A resenha está muito bem elaborada, mas não me interessei pelo livro!
obrigada pela dica,amiga!
A série eu também não conhecia!
Detesto sentir terror psicológico, chega os terrores naturais da própria vida!
bjus
http://www.elianedelacerda.com

Aline Coelho disse... [Responder comentário]

Amiga nunca ouvi falar dessa série, mas fiquei até curiosa quando comecei a ler sua resenha. Mas que pena que o enredo se repete e se arrasta ao ponto de desestimular a continuação da leitura da série =( te entendo, com tantos livros interessante no mercado temos mais é que escolher leituras mais empolgantes. Quem sabe um dia vc leia a conclusão da série.
Beijos linda!!!

Leituras, vida e paixões!!!

Priih disse... [Responder comentário]

Oie!
Gostei muito da resenha e da honestidade. A série me pareceu muito instigante, mas um pouco longa para o meu pouco tempo disponível. :(
Gosto de livros que mexem com o nosso psicológico e vou dar mais uma pesquisada sobre os livros seguintes pra ver se o ritmo melhora.
Beijos,

Priscilla
http://infinitasvidas.wordpress.com

Tatah disse... [Responder comentário]

Nossa, parece muito interessante essa série!
Já tinha visto a resenha do primeiro livro, não sei onde. Haha
Mas agora fiquei mais interessada ainda em ler. Vou procurar nas bibliotecas daqui!
Livros que passam dentro de penitenciária me atraem. Rs
Bjoss

http://www.fotografiaeleitura.blogspot.com.br

Leitora Online disse... [Responder comentário]

Oii...
Não conhecia essa série de livros. Ela parece ser bem interessante, fiquei com a impressão de que realmente a leitura te prende nela.
Ótima resenha!
Beijinhos ;**
Leitora Online

Instagram | Twitter | Facebook

Ronaldo Gonçalves disse... [Responder comentário]

Eu quero começar essa série, mas pelo que li no skoob, a editora parou de publicar no Brasil. Aí não dá né?

http://porquelivronuncaenguica.blogspot.com.br/2014/04/sete-criancas-que-tocaram-o-terror.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Topo