A Árvore da Mentira - Frances Hardinge

“Aberrações da natureza, dizia o rótulo central.E é isso que eu sou, pensou Faith, sentindo enjoo. Um cérebro pequeno de mulher com coisa de mais enfiada dentro. Talvez seja esse o meu problema.”
Autora: Frances Hardinge
Páginas: 304
Editora: Novo Século
Sinopse: Na inóspita ilha inglesa de Vane, em pleno século XIX, os Sunderlys desembarcam, atraindo atenções e suspeitas. Quando o reverendo Erasmus, patriarca da família e proeminente estudioso de ciências naturais, é encontrado morto em circunstâncias obscuras, sua filha, a jovem e impetuosa Faith, está determinada a desvendar o mistério. Para isso, precisará de coragem não apenas para confrontar dolorosos segredos mas também para desafiar as implacáveis tradições da sociedade em que vive. Investigando os pertences do pai em busca de pistas, ela descobre uma planta estranha. Uma árvore que se alimenta de mentiras sussurradas e dá frutos que revelam verdades ocultas. Quando a espiral das sedutoras mentiras de Faith fica fora de controle, ela compreende que as verdades estilhaçam muito mais. Combinação de horror, romance policial e realismo fantástico, esta arrepiante história da premiada escritora britânica Frances Hardinge, autora de "Canção do Cuco", promete arrebatá-lo do começo ao fim.
“A mentira é como uma fogueira, Faith estava aprendendo. Primeiro precisa ser nutrida e alimentada, mas com cuidado e gentileza. Um sopro delicado atiçaria as chamas recém-nascidas, mas uma baforada vigorosa demais as apagaria.”
Comentário: li Canção do Cuco dessa mesma autora há um tempo atrás e simplesmente me apaixonei pela história! Não por ser uma história arrebatadora com personagens incríveis, mas por ter uma história completamente nova, e até mesmo um pouco doida, eu não sei de onde ela tira essas ideias! Por isso quando vi que ia sair um novo livro da Francis, já corri ler, pois sabia que seria mais uma história incrível!
“A mim pertence a vingança e a retribuição, no devido tempo os pés deles escorregarão; o dia da sua desgraça está chegando, e o seu próprio destino se apressa sobre eles.”
Enredo e Narrativa: logo no início conhecemos Faith e sua família: seu pai o reverendo Eramus Suddenly, sua mãe Myrtle, seu irmão Howard e seu tio. Todos estão de mudança para Vane, uma remota ilha na Inglaterra. Faith acha tudo aquilo muito estranho, afinal a mudança não foi algo planejado, em um determinado dia seu pai resolve mudar sem dar explicação alguma.

Faith é uma menina de 14 anos que está à frente de seu tempo. Em um século onde as mulheres eram menosprezadas, ela se esforça para provar para si mesma que é inteligente e capaz de tomar decisões. A menina sempre ia atrás de ler e estudar, mas isso sempre um pouco às escondidas, sem revelar saber demais, afinal não é elegante uma mulher que sabe das coisas, nenhum homem vai querer se casar com uma mulher que acha que sabe mais do que ele, não é mesmo?  Mas tudo isso muda quando seu pai, o reverendo Erasmus, é encontrado morto e ela não vai medir esforços para descobrir o que aconteceu de fato.

Faith mergulha num mundo de decepções, traições, amor, ódio, vingança e principalmente mentiras, especialmente quando descobre o grande segredo de seu pai, um segredo que custou sua própria vida. Será que era loucura pensar que suas anotações sobre uma tal Árvore da Mentira eram verdade? Uma árvore que se alimenta de suas mentiras e que em troca lhe dá um fruto que revelará a verdade? Como algo assim poderia existir e ser ainda desconhecido?

A filha do reverendo precisa correr contra o tempo, em breve decisões serão tomadas sobre seu pai e ela precisa arrumar provas para mostrar que está certa, o difícil será se fazer ouvir em meio a uma sociedade machista e opressora que acredita que a mulher não tem capacidade alguma na tomada de decisões.

Faith se mostra uma personagem forte no decorrer da história, começa como uma menininha que só quer chamar a atenção do pai, até uma grande mulher que fará de tudo em busca da verdade, mesmo que seja através de mentiras.

A história é bem interessante, especialmente o tempo em que se passa, é até difícil ler isso hoje em dia e acreditar que as coisas eram realmente assim no passado, onde as mulheres por terem uma cabeça menor eram consideradas desprovidas de inteligência (sério, tem isso no livro). O livro também nos deixa com um misto de emoções, em um momento estamos achando linda a relação de Faith com seu irmão, no outro estamos odiando a mãe dela por ser tão manipuladora e em outros nos arrependemos de termos confiado demais em determinados personagens. Mas ao longo da história, percebemos que apesar de ser ignorada a vida inteira, Faith fará de tudo para salvar sua família.
“É apenas uma cobra perfeitamente sensível, que protege seus ovos e vai abrindo caminho no mundo do melhor jeito que pode.”
Conclusão: gostei bastante da história, apesar de no começo ser um pouco lenta, é necessário para entendermos todo o contexto e os personagens. Para todos que estão à procura de algo inovador e cheio de mistérios, tenho certeza que você irá amar conhecer a Faith tanto quanto eu.

14 comentários. Clique aqui para comentar também.:

Beatriz disse... [Responder comentário]

Olha, me interessei bastante pela história. O começo é clichê, mas a ideia principal é sim, completamente nova. Gosto muito quando autores criam fantasias com metáforas de coisas existentes. A mentira, por exemplo. Meu próximo livro será algo assim, aliás, mas com os sonhos.
Beijos!
Vivendo no Infinito - http://www.vivendonoinfinito.com/

Diana Canaverde disse... [Responder comentário]

Oi Pati, tudo bem??
Menina amei demais a sua resenha... eu estava bem curiosa para saber a sua opinião sobre o enredo... é claro que pretendo ler logo este livro depois do que li aqui... como sabes fiquei apaixonada pela escrita da autora... e agora sinto que preciso ler logo este também rs... Xero!!!

https://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

Nessa disse... [Responder comentário]

Oie
Estou com o e-book deste livro para ler e agora sua resenha me deixou mais curiosa. Parece ser uma história bem interessante.

Beijinhos
http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

Glamourosas de Rosa disse... [Responder comentário]

Sempre quis ler esse livro e agora mais ainda com sua resenha. Parece ser uma história bem envolvente.

http://glamourosasderosa.com/

Sil disse... [Responder comentário]

Olá, Patricia.
Eu li esse livro e pretendo ler o outro que você citou. Porque me apaixonei pela escrita da autora. Ela é muito boa. É revoltante ver como as mulheres eram tratadas naquela época, e o engraçado que as outras mulheres também fazem isso com elas mesmas.

Prefácio

Mayara Vieira disse... [Responder comentário]

Não conhecia ainda, mas super me interessei. Bjs

www.mayaravieira.com.br

Amiga Delicada disse... [Responder comentário]

Que medinho desse livro, já pensou achar uma arvorezinha dessas por aí?

Bjinhos,
❥ AmigaDelicada.com.br

Tamara Mansur disse... [Responder comentário]

Oláá! Tudo bem?
A capa já me chamou a atenção! Gosto muito de histórias assim cheias de mistérios! Fiquei com muita vontade de ler, ainda mais que falou que já leu outro livro da escritora e curtiu! quero conhecer mais também!! ^^
beeijo

http://lecaferouge.blogspot.com.br/

Luciana de Oliveira disse... [Responder comentário]

Olá!
Você escreve de uma maneira que atrai atenção (minha opinião)
não é meu gênero mas leria... :D

bjs

http://diariodalulu.blogspot.com.br/

Gabriela Soares disse... [Responder comentário]

Nunca tinha ouvido falar da história, acredita? Mas parece ser boa mesmo! Gosto de livros com personagens mulheres e fortes ^^
Um beijão,
Gabs do likegabs.blogspot.com ❣

Hey I'm With The Band disse... [Responder comentário]

Parece legal, mas sério eu morro de preguiça de ler HAHAHAHAH :/
Prefiro esperar pelo filme *aquelas* hahahaha

https://heyimwiththeband.blogspot.com.br

Alice Martins disse... [Responder comentário]

Oi Patrícia, tudo bem?

Fiquei bem interessada na história, principalmente por ter como personagem central uma menina/mulher tão forte e que está disposta a mostrar sua força perante uma sociedade machista e que não dar oportunidade para uma mulher. Sua resenha conseguiu me transmitir exatamente os desenrolar da trama e acabei ficando com gostinho de quero mais. Já anotei a dica, espero ler em breve!

Beijos,

Gnoma Leitora

Patricia Martins Bueno disse... [Responder comentário]

@Alice MartinsOlá! Que bom que gostou! É uma história bem diferente de tudo o que já li, a personagem é bem persistente, pq tem coisas bem revoltantes que acontecem com ela no livro! Leia e depois me conta o que achou! Beijo!

Desbravador de Mundos disse... [Responder comentário]

Olá, Patrícia.
Parece ser um livro bom, denso e também um pouco tenso. Essa contextualização histórica também me agrada bastante.
Daria uma chance.

Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de janeiro. Serão dois vencedores, dividindo 4 livros.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Topo