Série Trylle - Amanda Hocking

“Finn tinha a chave para todos os mistérios do passado da jovem – uma época que Wendy preferiria esquecer – e abriria as portas de um lugar que ela nunca imaginou poder existir”

Livros:
Trocada - 326 páginas
 Dividida - 360 páginas
Iniciada - 336 páginas
Série: Trylle
Autora:  Amanda Hocking
Editora: Rocco
Sinopse: Quando Wendy Everly tinha seis anos, sua mãe foi convencida de que ela era um monstro e tentou matá-la. Onze anos mais tarde, Wendy descobre que sua mãe poderia estar certa. Ela não é a pessoa que ela sempre acreditou ser, e toda a sua vida começa a ser desvendada. Tudo por causa de Finn Holmes. Finn é um cara misterioso e parece estar sempre olhando para ela. Cada encontro deixa Wendy profundamente abalada. Mas não é muito antes de ele revelar a verdade: Wendy é uma changeling que foi trocada ao nascer e ele veio para levá-la de volta para casa. Agora Wendy parte para uma viagem a um mundo que ela nunca soube que existia, um que é ao mesmo tempo belo e assustador. E onde ela deve deixar sua antiga vida para trás para descobrir qual será o seu destino. 
Comentários: não sei se isso acontece com todos que amam uma boa fantasia, mas para mim já está um pouco complicado achar bons livros do gênero, os melhores e mais conhecidos já li, então estava à procura de novas fantasias, quando pesquisando no google sobre o tema, acabei me deparando com essa série. O que me chamou a atenção de imediato foi que era uma trilogia e que já tinha saído todos os livros no Brasil, o que significava que eu não precisaria esperar um tempão para ler a continuação, afinal todas séries que leio ultimamente não tem a continuação, o que me deixa mega frustrada. E foi uma surpresa muito boa ter encontrado essa série!
"- Ele quer amar você, mas não pode. Ou ele não se permite fazer isso, ou simplesmente não consegue. Ele nunca vai amar você. (...)- E, obviamente, você precisa de alguém que a ame - prosseguiu Loki. - Você ama de maneira apaixonada, com todo o seu ser. E precisa de alguém que a ame da mesma forma.".
Enredo e Narrativa: logo no início do livro conhecemos Wendy, uma jovem que nunca se encaixou em lugar nenhum, e com um passado um pouco assustador. Wendy atualmente mora com sua tia Maggie e seu irmão Matt, depois de sua mãe tentar matá-la no seu aniversário de 6 anos, afirmando que a garota não era sua filha de verdade, e agora Wendy começa a achar que isso é verdade, depois de começar a ser perseguida por um novo aluno em sua escola, que lhe revela uma história bombástica: ela na verdade é uma changeling, uma criança que foi trocada ao nascer, e sua verdadeira identidade é Trylle, isso mesmo, uma espécie de trasgo, mas não pense neles como monstrengos de Harry Potter, e sim como criaturas humanas mas com super poderes.
Achei o tema bem interessante, afinal sempre que lemos alguma fantasia nos deparamos com vampiros, lobisomens e fadas, mas nunca com trasgos, então achei a ideia bem original, e deu certo!
Está na hora de Wendy voltar para sua verdadeira casa, mas como conseguir deixar sua família que cuidou dela por tanto tempo? Será que seria certo confiar em um estranho e partir para um mundo totalmente desconhecido, mesmo sabendo que aquele era seu mundo? E o que ela encontraria lá? Quem ela se tornaria?
Mas nem tudo é um mar de rosas, lá vai uma crítica: a protagonista me deixou irritada em alguns momentos. No começo ela parecia ser briguenta e bater o pé para conseguir o que quer, mas ao ir morar com sua nova família, parece que ela mudou da água para o vinho, aceitava tudo o que lhe falavam sem questionar, pelo menos no primeiro livro, mas no terceiro acho que ela já atingiu certa maturidade e começa a agir como uma verdadeira líder. Outra coisa que não me agradou muito foi que ela não conseguia decidir de quem gostava, quando ela estava começando a gostar de verdade de alguém, aparecia outro alguém que complica tudo de novo, mas no final acabei gostando do rumo que a história tomou e das escolhas que ela fez, gostei bastante do último livro, mesmo achando ele um pouco curto demais, nunca gosto de quando a história acaba depressa e de maneira abrupta, gosto das coisas nos mínimos detalhes, então apesar de ter gostado do final, achei que ele acabou muito rápido.
"Era o meu aniversário de seis anos, e a minha mãe estava empunhando uma faca. Não uma pequenina faca de cortar carne, mas uma espécie de faca de açougueiro gigantesca, reluzente, como num filme de terror ruim. Ela definitivamente queria me matar".
Conclusão: não posso afirmar que foi um dos melhores livros do gênero que li, mas sem dúvidas é uma boa alternativa para quem quer uma leitura fácil e rápida. O primeiro volume achei que não foi assim tão bom, mas vale a pena continuar a leitura, principalmente até o final, adorei como tudo terminou e em como a personagem amadureceu ao longo da história, deixando de lado a menininha mimada para se tornar a líder de uma nação.

14 comentários. Clique aqui para comentar também.:

Tainan Barboza Generoso disse... [Responder comentário]

Que capas lindas, achei muito criativo o fato de abordar o tema trasgos, nunca tinha visto. Também gostei do fato de já ter saído toda no Brasil.

www.eucurtoliteratura.com

Jhonatan Veloso disse... [Responder comentário]

Oi Patricia!

Em Janeiro eu comprei Quem é você, Alasca?, O Oceano no Fim do Caminho r Half Bad; mas eu estava indeciso entre esses três e essa trilogia.

Depois de ver sua resenha, acho que fiz a escolha certa ._. Não curto muito histórias fáceis, gosto mais de algo bem construído e que faz o leitor arrancar os cabelos, sabe?

Mas adorei a resenha! ^^

Bjs

http://leiturasilenciosaoficial.blogspot.com.br

Carolina C. disse... [Responder comentário]

Já ouvi falar bastante dessa autora, mas nunca li nenhum livro dela. Fiquei com vontade de ler, apesar de já ter uma lista de leituras graaande… rsrs. Bem que algumas escritoras podiam investir em histórias um volume só, né?

bjos!

casteloanimado.blogspot.com.br

Tabatha Cuzziol disse... [Responder comentário]

Não conhecia essa série, mas as capas são LINDAS!!!
Estou muito curiosa pra ler, adorei seu post!
Beijos, Tabatha
http://aproveiteolivro.blogspot.com.br/

Luiza disse... [Responder comentário]

RSRSR Olha eu li a trilogia completa, acho a capa uma FOFURA. E meu favorito foi o livro 1, porque de certa forma foi o que mais me surpreendeu.
Bjs
http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

Luiza disse... [Responder comentário]

RSRSR Olha eu li a trilogia completa, acho a capa uma FOFURA. E meu favorito foi o livro 1, porque de certa forma foi o que mais me surpreendeu.
Bjs
http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

Priih disse... [Responder comentário]

Oie, tudo bem?
Que premissa diferente a desse livro, nunca li nada com essas criaturas. Que bom que você gostou da série, de maneira geral.
Beijos,

Priscilla
Infinitas Vidas

Katsheer Noar disse... [Responder comentário]

Amo livros em que ocorre a evolução dos personagens, porque você se envolve muito mais com a história.
Fiquei curiosa com a história, assim que conseguir ler os outros da minha listinha ele será lido com certeza
Mega abraço
Ótimo trabalho na resenha!!! Amei

Carol Cristina disse... [Responder comentário]

Oi Patricia!
Gostei muito da resenha. Já li o primeiro livro dessa trilogia, e apesar de um pouco clichê no começo, gostei da história e dos personagens ;)
Quero ler o final logo, bom saber que vale a pena! Acho as capas lindas tbm!
Bjs
http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com
*Tem Resenha Premiada e Foto do Leitor rolando!*

Aline Coelho disse... [Responder comentário]

Paty estou cada dia mais adaptada à visitar seu blog e encontrar sua opinião sobre uma determinada série. Já conhecia essa, mas como li Despertar (fala sobre sereias) da mesma autora e não gostei muito acabei ficando meio desestimulada com sua escrita. Mas adorei conhecer sua opinião sobre essa fantasia.
Beijos

Leituras, vida e paixões!!!!

Helaina Carvalho disse... [Responder comentário]

Oi! ^^
A primeira coisa que me encanta nesses livros são as capas. Depois o gênero, amo fantasia. Eu tenho os três ebooks da trilogia, mas ainda não comecei a ler. Espero fazer isso logo.

Beijusss;
http://hipercriativa.blogspot.com.br/
https://www.facebook.com/BlogMenteHipercriativa

Com Amor Lizzy disse... [Responder comentário]

Oie, adorei a sua forma de ver o livro! Hoje em dia tá tão difícil achar um livro de fantasia bom para ler :\ Vou procurar esse em PDF hahaha
http://keepthisphotograph.blogspot.com.br/

Daya Maciel disse... [Responder comentário]

Olá Patricia,
Só li um livro de fantasia até hoje, achei bem interessante esse ser um pouco diferente.
As capas são lindas e vou procurar para ler!!
obrigada pelas dicas
conchegodasletras.blogspot.com.br

Leitora com Amor disse... [Responder comentário]

Eu não consegui engolir o livro, na época em que li: O que eu senti pelo livro chegou perto do ódio, mas, acho que vou dar uma chance!

http://leitoracomamor.blogspot.com.br/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Topo